1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso vai reunir cerca de 40 escritores nordestinos | Paulo Afonso Tem
1-bienal-do-livro-de-paulo-afonso-vai-reunir-cerca-de-40-escritores-nordestinos

1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso vai reunir cerca de 40 escritores nordestinos

Duas recentes reuniões da Comissão Organizadora da 1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso e o 1º Encontro de Escritores da Região do São Francisco consolidaram parcerias e ajustaram ações para a realização deste evento no início de Novembro em Paulo Afonso.

Os membros da Academia de Letras e do IGH estiveram reunidos com o Secretário de Cultura e Esportes, Jânio Soares, quando o mantiveram informado sobre o andamento das providências para a realização desse encontro cultural e tiveram confirmado o apoio e a parceria deste órgão municipal para a sua realização. A reunião foi na sala de Jânio Soares, na Prefeitura de Paulo Afonso, no dia 09 de Outubro.

Desta reunião participaram, a partir da esquerda, na foto ao lado: Francisco Araújo Filho, Edson Barreto, Roberto Ricardo, Glória Lira, João de Sousa Lima, Jânio Soares e Antônio Galdino. Dias antes, o Prefeito Anilton Bastos recebeu o diretor do jornal Folha Sertaneja em sua residência e assegurou apoio e participação neste importante evento para o município de Paulo Afonso.

 No dia 11 de outubro, em reunião promovida pelo presidente da ALPA e realizada em sala do Colégio Carlina Barbosa de Deus, foram analisadas algumas ações e, tendo se decidiu que, tendo em vista que o número de inscritos já chega a 36 escritores, a metade de outras cidades da região, as inscrições para este evento seriam encerradas no dia 14 de Outubro de 2014.

Idealizada pelo jornal Folha Sertaneja dentro dos seus 10 anos de vida, a estará reunindo quase 40 escritores dos Estados da Bahia, Alagoas, Pernambuco e Sergipe, no período de 05 a 07 de Novembro em Paulo Afonso-BA.

 

 

Academia de Letras de Paulo Afonso  1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso vai reunir cerca de 40 escritores nordestinos imagem

Academia de Letras de Paulo Afonso

 O encontro, realizado em parceria com a Academia de Letras de Paulo Afonso – ALPA, presidido pelo Professor Francisco Araújo Filho e o Instituto Geográfico e Histórico da Microrregião do Sertão de Paulo Afonso – IGH-MSPA, presidido pelo Professor Roberto Ricardo do Amaral Reis, será realizado nas instalações do Memorial Chesf Paulo Afonso, cedido pela Administração Regional da Chesf em Paulo Afonso, gerenciada por Augusto Cézar. O evento conta também com a parceria e apoio da Secretaria de Cultura e Esportes da Prefeitura de Paulo Afonso que tem como gestor o cronista Jânio Ferreira Soares, que escreve a cada 15 dias, aos sábados, no jornal A TARDE, de Salvador.

IGH-MSPA  1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso vai reunir cerca de 40 escritores nordestinos imagem

IGH-MSPA

Outros apoios culturais têm sido agregados ao evento que terá, além da exposição e venda dos livros dos escritores inscritos, espaços para apresentação das obras e seus autores, poesias, músicas, no Sarau Literário, no Salão de Exposições e palestras, debates e mesas redondas sobre temas da região e apresentações musicais, no Auditório do Memorial Chesf. Haverá também o Espaço Cordel e, no encerramento, a apresentação de A Mala do Poeta Especial, apresentando poetas novos e autores de publicações e a boa música nordestina, brasileira.
O Sesc-Ler de Paulo Afonso também estará participando do evento, trazendo escritor para realizar palestra no Memorial Chesf.

divulgação
Ariano Suassuna  1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso vai reunir cerca de 40 escritores nordestinos imagem

Ariano Suassuna

 Os grandes homenageados desse encontro cultural são os escritores Ariano Suassuna e João Ubaldo Ribeiro, recentemente falecidos e o Dr. Antônio José Alves de Souza, o primeiro presidente da Chesf, que permaneceu neste cargo na Hidrelétrica do São Francisco de 15 de Março de 1948, quando a Chesf foi criada até Dezembro de 1961, quando faleceu em Paulo Afonso, vítima de um enfarte.

João Ubaldo Ribeiro  1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso vai reunir cerca de 40 escritores nordestinos imagem

João Ubaldo Ribeiro

Dr. Souza, como era conhecido, é considerado como o primeiro escritor de Paulo Afonso, ao publicar o livro “Paulo Afonso”, em 1954, quando o atual município ainda era Distrito do município de Glória. Paulo Afonso só passou a município em 28 de Julho de 1958, quando a Chesf já completava o seu primeiro decênio.

Dr. Antônio José Alves de Sousa e o livro Paulo Afonso  1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso vai reunir cerca de 40 escritores nordestinos imagem

Dr. Antônio José Alves de Sousa e o livro Paulo Afonso

 A 1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso e o 1º Encontro de Escritores da Região do São Francisco será aberta às 19 horas do dia 05 de Novembro, Dia Nacional da Cultura, em solenidade realizada no Auditório do Memorial Chesf em Paulo Afonso, com a presença da Academia de Letras de Paulo Afonso, prefeito do município, Anilton Bastos, Secretário de Cultura e Esportes, Jânio Soares, Administrador Regional da Chesf, além de presidentes de outras academias de letras da região e escritores de Paulo Afonso, Jeremoabo, Feira de Santana, Barra, Salvador, Santa Brígida, na Bahia; Delmiro Gouveia e Água Branca, em Alagoas; Aracaju, N. Senhora das Dores e Itabaiana, em Sergipe e Petrolândia e Garanhuns, em Pernambuco.

 

1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso vai reunir cerca de 40 escritores nordestinos imagem
1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso vai reunir cerca de 40 escritores nordestinos imagem

 As atividades acontecerão no dia 05/11, no Auditório do Memorial Chesf, às 19 horas com a solenidade de abertura e às 20 horas, no Salão de Exposições, a abertura do Espaço dos Escritores que também funcionará nos dias 06 e 07 de Novembro das 08 às 17 horas.
Nesses dois dias também o Auditório do Memorial Chesf receberá escritores e convidados que realização palestras e mesas redondas sobre temas como: O cangaço na literatura brasileira; A importância de Delmiro Gouveia para o desenvolvimento da região; Rio São Francisco de tanta serventia (ou Ecologia do Rio São Francisco); A preservação da história e da memória de um povo e uma região; A palavra, instrumento de criação do escritor e a Novo Ortografia.

 

1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso vai reunir cerca de 40 escritores nordestinos imagem

A 1ª Bienal do Livro de Paulo Afonso e o 1º Encontro de Escritores da Região do São Francisco vem sendo esperado com grande expectativa pela oportunidade de encontro de escritores dos quatro estados nordestinos fronteiriços do município de Paulo Afonso e de interação e discussão sobre temas regionais.

Fonte Folha Sertaneja


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta