É possível amamentar depois do câncer de mama? Entenda | Paulo Afonso Tem
e-possivel-amamentar-depois-do-cancer-de-mama-entenda

É possível amamentar depois do câncer de mama? Entenda

Uma americana que precisou remover um seio durante a gravidez, após descobrir umcâncer de mama em estado avançado, se emocionou ao poder amamentar seu filho no outro seio logo após o nascimento. As imagens, feitas pela fotógrafa Kate Murray, viralizaram nas redes sociais.

A paciente, que não teve seu nome revelado, descobriu a doença em estágio avançado na metade da gestação e, depois de passar pela mastectomia, teve o parto induzido com 36 semanas para que pudesse dar início ao tratamento sem oferecer nenhum risco para o bebê, de acordo com matéria publicada no Mirror.

Câncer de mama na gravidez

De acordo com o ginecologista e obstetra Antonio Paulo Stockler, as taxas de câncer de mama durante a gravidez são crescentes e se devem, principalmente, ao aumento da idade média em que as mulheres optam por ter filhos. “Por isso, são fundamentais o acompanhamento médico e exame médico completo durante o pré-natal”, afirma. 

Os casos diagnosticados em estágios iniciais poderão ser tratados ao final da gravidez, depois que o bebê já tiver nascido. Mas os casos mais agressivos deverão ser tratados independentemente da idade gestacional, o que reforça a necessidade do diagnóstico precoce da doença.

É possível amamentar depois do câncer de mama? Entenda amamentar depois de ter cancer de mama 1
Mãe se emociona ao amamentar o filho recém-nascido

Quem teve câncer pode amamentar?

A amamentação, além de todos os benefícios para a saúde do bebê, também ajuda a reduzir o risco de desenvolver câncer de mama. Mas o médico explica que nem sempre será possível amamentar depois de passar por um tratamento de câncer de mama, já que as cirurgias podem causar danos. “A retirada da mama, total ou mesmo parcialmente, pode danificar a estrutura ductal mamária atrapalhando o aleitamento. Similarmente, o implante de silicone pode comprimir ou alterar a anatomia ductal mamária, dificultando a produção e/ou ejeção do leite”, diz.

Ele explica também que mulheres que estão fazendo quimioterapia não devem amamentar. Essa suspensão do aleitamento durante o tratamento varia para cada caso, podendo ser de 24 horas ou até 60 dias.

Fonte iTodas


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta