Ainda tabu! Pesquisa revela que uma em cada 10 mulheres sente dor no sexo
Ainda tabu! Pesquisa revela que uma em cada 10 mulheres sente dor no sexo

Ainda tabu! Pesquisa revela que uma em cada 10 mulheres sente dor no sexo

Não, você não leu errado: de acordo com uma pesquisa britânica com sete mil MULHERES SEXUALMENTE ATIVAS e idades entre 16 e 74 anos, a dispareunia afeta uma boa parte do público feminino, e impede a plenitude de uma rotina sexual prazerosa e saudável.

Ainda bastante negligenciado pelo meio médico, o problema se caracteriza por DORES ENVOLVENDO A PENETRAÇÃO. Há tratamentos eficazes, porém, segundo os dados levantados, a maioria daquelas que sofrem com isso sente vergonha e considera um tabu falar sobre o tema. Causas físicas e, inclusive, emocionais podem estar associadas ao diagnóstico.

Dor pode ser em função de causas físicas, emocionais e até psicológicas FOTO: thinkstock Ainda tabu! Pesquisa revela que uma em cada 10 mulheres sente dor no sexo Ainda tabu! Pesquisa revela que uma em cada 10 mulheres sente dor no sexo dorsexo3

DOR PODE SER EM FUNÇÃO DE CAUSAS FÍSICAS, EMOCIONAIS E ATÉ PSICOLÓGICAS FOTO: THINKSTOCK

O projeto, que envolveu os departamentos de ciências da saúde, ginecologia, psicologia e psiquiatria de cinco universidades do Reino Unido, mostrou que a incidência é maior entre a faixa dos 16 aos 24, e dos 50 aos 60 e poucos anos.

“Entre as MAIS JOVENS, pode haver relação com o fato de ESTAREM SE INICIANDO NO SEXO e ACEITANDO PRÁTICAS QUE O PARCEIRO DESEJA, mas que, na verdade, não as excitam”, disse a médica coordenadora, Kristin Mitchell, ao site da BBC News Online. “Ou então, elas podem ficar tensas, porque a atividade é uma novidade e NÃO SE SENTEM 100% À VONTADE”. Já na etapa mais madura, a menopausa e o declínio nos níveis hormonais podem provocar maior SECURA VAGINAL e, assim, prejudicar o bem-estar nesse momento, ela continuou ao mesmo veículo.

De qualquer maneira, para um quarto das participantes, esse fato havia ocorrido frequentemente ou sempre nos últimos seis meses ou mais; para um terço delas, a INSATISFAÇÃO COM A PRÓPRIA VIDA SEXUAL é bastante grande.

Para manter uma vida sexual ativa e saudável, é necessário se conscientizar sobre as próprias necessidades na cama e jogar aberto com o parceiro FOTO: thinkstock Ainda tabu! Pesquisa revela que uma em cada 10 mulheres sente dor no sexo Ainda tabu! Pesquisa revela que uma em cada 10 mulheres sente dor no sexo dorsexo1

PARA MANTER UMA VIDA SEXUAL ATIVA E SAUDÁVEL, É NECESSÁRIO SE CONSCIENTIZAR SOBRE AS PRÓPRIAS NECESSIDADES NA CAMA E JOGAR ABERTO COM O PARCEIRO FOTO: THINKSTOCK

Na opinião de Kristin à publicação, a educação voltada para esse assunto, principalmente na escola, precisaria conscientizar melhor as alunas. “Frequentemente, esses tipos de aula abordam DOENÇAS TRANSMITIDAS SEXUALMENTE E GRAVIDEZ. Elas também deveriam preparar para se PENSAR NO QUE DÁ PRAZER SEXUAL e falar sobre O QUE SE GOSTA OU NÃO EM UM RELACIONAMENTO de confiança e respeito”, reforçou.

Se você notar tal desconforto durante ou depois da transa, busque ajuda de um médico ou profissional da área para tratamento. A ginástica íntima, aliás, pode servir como um dos caminhos de recuperação. Vale tentar!

Fonte DaquiDali


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta