Fraudes na fiscalização de alimentos são alvo de operação da PF full screen background image
pf

Fraudes na fiscalização de alimentos são alvo de operação da PF

Mais de mil policiais federais estão nas ruas, na manhã desta sexta-feira (17), em uma megaoperação contra um esquema de pagamento de propina para a liberação de alimentos adulterados.

Ao todo são 311 mandados judiciais; 26 mandados de prisão preventiva, aquela por tempo indeterminado; 11 mandados de prisão temporária, que tem prazo inicial de cinco dias; 76 mandados de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento e 195 mandados de busca e apreensão.

De acordo com a Polícia Federal, essa quadrilha era chefiada por fiscais agropecuários federais e empresários do agronegócio. Entre os presos, estão executivos dos frigoríficos BRF e JBS e superintendentes regionais do Ministério da Agricultura.

Durante quase dois anos de investigação, os policiais descobriram que as superintendências regionais do Ministério da Pesca e da Agricultura do Paraná, Minas Gerais e Goiás emitiam certificados sanitários sem qualquer tipo de fiscalização. O Bom Dia Brasil tenta ainda contato com as pessoas citadas.

Fonte: G1.


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta