O Sindicato dos Comerciários percorreu o comércio para lançar a campanha: "DEVOLVAM O NOSSO SÁBADO!
O Sindicato dos Comerciários percorreu o comércio para lançar a

O Sindicato dos Comerciários percorreu o comércio para lançar a campanha: “DEVOLVAM O NOSSO SÁBADO!

O Sindicato dos Comerciários percorreu o comércio de Paulo Afonso – BA., para lançar a campanha: “DEVOLVAM O NOSSO SÁBADO!

O movimento é contra a Lei Municipal Nº 1.355 vigente desde 17 de janeiro deste ano sobre a abertura do comércio, de segunda a sábado, das 08 às 18 horas, o que acaba com o descanso no sábado à tarde.

No início deste mês a CDL (Câmara dos Dirigentes lojistas) de Paulo Afonso publicou nas redes sociais uma nota informando aos lojistas deste município sobre esta nova Lei Municipal e orientando aos comerciantes que “havendo a intenção de abertura do comércio aos sábados até as 18:00, os lojistas devem comunicar ao órgão para que sejam tomadas as devidas providências, como a solicitação do policiamento do comércio”.

Em vista disso, o Sindicato dos Comerciários tem percorrido o comércio e lançado a campanha: “DEVOLVAM O NOSSO SÁBADO!

Segundo o site PA4, “A decisão foi tomada após recente pesquisa de campo, assim o horário experimental será testado. Atualmente, as lojas funcionam aos sábados das 8h às 13h, com a nova mudança as portas podem ficar abertas até ás 18h. O novo horário começa a valer no último sábado deste mês, próximo dia 29 de abril”.

divulgação
Adauto Alves, do Sind. Comerciários, (ao microfone) O Sindicato dos Comerciários percorreu o comércio para lançar a campanha: O Sindicato dos Comerciários percorreu o comércio para lançar a campanha: "DEVOLVAM O NOSSO SÁBADO! imagem

Adauto Alves, do Sind. Comerciários, (ao microfone)

“A pesquisa foi realizada por entidades do comércio varejista em lojas locais de Paulo Afonso. O empresário Francisco Rodrigues Neto (Chico da Rio Malhas), disse que essa alteração de horário foi baseada em antigos pleitos da CDL e também de alguns empresários.”

“A decisão também sempre foi defendida pelo Prefeito Luiz de Deus, que mesmo antes de ser eleito, já se mostrava favorável. A proposta se arrastava desde 2011 e após seis anos vai começar a valer.”
Com posição contrária a essa decisão, a diretoria do Sindicato dos Comerciários, à frente o seu presidente Adauto Alves, questiona a medida e marcou Assembleia da categoria para às 19:30 horas para “iniciar a luta pela revogação dessa lei”.

Dentre outros argumentos, o presidente do Sindicato dos Comerciários, questiona “que benefícios reais isso vai trazer para os empresários que terão que pagar horas extras, haverá mais consumo de energia, maiores riscos quanto à segurança, com as lojas abertas? “Além disso, essa medida vai trazer grande desgaste aos comerciários que terão apenas o domingo para suas folgas semanais”.
O assunto deve ferver no plenário da Câmara de Vereadores na sessão da segunda-feira, dia 24 de Abril.

Fonte Folha Sertaneja


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta