Cinco perguntas que você deve fazer a si mesma para melhorar a vida sexual
Cinco perguntas que você deve fazer a si mesma para melhorar a vida sexual

Cinco perguntas que você deve fazer a si mesma para melhorar a vida sexual

O bom sexo não depende apenas da performance entre quatro paredes, para chegar lá também é preciso uma boa dose de autoconhecimento.  E se por um lado boa parte dos casais sentem que devem mudar e aquecer a relação, por outro nem sempre é fácil identificar o que de fato precisa de uma sacudida.

O que eu quero e espero do sexo?

Cinco perguntas que você deve fazer a si mesma para melhorar a vida sexual Cinco perguntas que você deve fazer a si mesma para melhorar a vida sexual pensativa622918196
Entender o papel do sexo em sua vida, e o que você espera dele, é o primeiro passo. Foto: SanneBerg/iStock

É muito comum achar que a relação precisa dar uma apimentada, no entanto, o que isso significa para você? “É uma questão do que você quer do sexo, equilibrado com o que o outro quer. Muitas vezes, as mulheres não sabem exatamente o que desejam da vida sexual e até acabam se baseando no desejo do outro e não no delas mesmas. É preciso entrar em contato com suas próprias vontades para seguir um caminho de satisfação que não culpe o outro. Pense no que é mais importante para você e use como norte”, explica a sexóloga Priscilla Junqueria.

Estou satisfeita com o sexo em minha vida?

Outro questionamento importante é a sua própria satisfação em relação ao sexo, seja nas preliminares, na maneira como vocês têm se tocado ou mesmo na frequência – uma indagação que pode te ajudar a entender o que não agrada e a transformar essa situação. “O parâmetro da satisfação própria, e posteriormente do casal, é um bom sinalizador de que algo deve ou não mudar, porque precisa ser bom e ser bacana, dentro daquilo que você sente prazer”, esclarece.

A comunicação sobre o sexo é boa com meu par?

Cinco perguntas que você deve fazer a si mesma para melhorar a vida sexual Cinco perguntas que você deve fazer a si mesma para melhorar a vida sexual conversa627286420
Diálogo entre o casal precisa ser aberto. Foto: YakobchukOlena/iStock

A comunicação é o primeiro passo para um bom relacionamento, e, acredite, o mesmo acontece com o sexo. “Muitas vezes as pessoas são tímidas, ou acham que não podem dialogar sobre o assunto por pensarem que ele é um tabu, mas é preciso quebrar isso. Se a resposta é não – vocês não tem o costume de falar sobre a vida sexual – então é a primeira coisa que precisa ser trabalhada, porque é conversando que as pessoas se acertam. Se existe uma dificuldade muito grande, e você não está conseguindo por mais que tente, é válido buscar ajuda profissional”, aconselha.

Você se sente sensual e bem emocionalmente?

Estar infeliz com a própria aparência é um dos maiores motivos para mulheres evitarem o sexo ou acabarem não se soltando na hora “H”, deixando o prazer bastante prejudicado. “Sentir-se sensual e bonita reflete, porque pode ocorrer uma queda da autoestima que vai te levando a fugir dessa relação. É preciso identificar o que está te incomodando, se isso existe, para ter uma melhora na autoestima que afeta de maneira benéfica a vida a dois. Se você tem dificuldade em lidar com essas questões, ou não sabe exatamente o que é que te faz insegura, a ajuda psicológica é muito bem-vinda, porque precisamos lidar com essas questões”, conta.

Existe algo que te deixa desconfortável no sexo?

Estar confortável com tudo o que se faz – e se recebe – na cama também é algo que deve ser questionado e avaliado, afinal, é preciso estar em dia com suas próprias vontades. “É importantíssimo se fazer essa pergunta, porque não é saudável fazer algo só porque o outro quer. Claro que em uma relação amorosa acabamos cedendo em algum ponto, mas não deve chegar a ser um incômodo para você. Colocar sempre o outro na frente leva as pessoas a um processo de frustração”.

Fonte DaquiDali


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta