7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+
7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+

7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+

Quando se fala de tipo sanguíneo é importante saber que existem alguns riscos e benefícios associados com cada tipo. Cientistas estudam a relação do tipo sanguíneo com a saúde há anos e algumas descobertas recentes fizeram revelações surpreendentes sobre essas influências. Diferentes estudos ao redor do mundo mostraram forte relações entre os tipos e condições como fertilidade e doenças do coração, por exemplo.

Alguns dos estudos ainda são bem precoces e inconclusivos, mas já podemos afirmar que é importante ficar de olho em alguns hábitos e costumes, dependendo do seu tipo sanguíneo. Enquanto as pessoas que possuem o tipo O não possuem antígenos A ou B e se tornam doadores universais, também percebem outros tipos de influência direta e indireta no funcionamento do corpo humano.

LEMBRE-SE: DOAR SANGUE É MUITO IMPORTANTE PARA AJUDAR A SALVAR VIDAS #doesangue

Conheça algumas das características de seu corpo que podem estar sendo definidas ou afetadas pelo tipo do seu sangue.

1 – É o mais comum do mundo

7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 1 213

O sangue O+ é o mais comum de todo o mundo e um importante doador nos bancos de todo o mundo. Ele está presente em 1 de cada 3 indivíduos, o que significa que cerca de 37,4% da população possuem o tipo sanguíneo. apesar disso, nem todos os grupos étnicos possuem a mesma proporção do tipo. Em caucasianos, o sangue O+ está presente em cerca de 37% das pessoas, enquanto para descendentes de africanos sobe para 47%, em hispânicos 53% e 39% para asiáticos.

2 – Tem influência na sua dieta

7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 2 126

Conforme confirmado pelo naturopata Peter J. D’Adamo, cada tipo sanguíneo pode precisar de seguir dietas diferenciadas. Quem tem o tipo sanguíneo O pode precisar de dietas com altas quantidades de proteínas, consumindo carnes magras, aves, peixes e legumes.

3 – Afeta o funcionamento de seu intestino

7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 3 88

O tipo do seu sangue também está relacionado com todo o funcionamento do seu sistema gastrointestinal. Pode ser surpreendente, mas como já aprendemos que o sangue pode afetar a dieta ideal, é possível compreender como ele também afetaria o processo de digestão. Para pessoas com o tipo O, existe uma grande tendência a possuir problemas estomacais e de digestão.

4 – Afeta a sua produção de adrenalina

7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 4 70

Por conta de alterações na produção de quantidade de adrenalina, pessoas com o tipo O possuem um instinto de “lutar ou correr” muito mais forte do que outras pessoas, podendo sentir doses muito mais altas de estresse e nervosismo. Essa diferença de produção também faz com que quem tem o tipo O demore mais para se recuperar de situações de estresse, já que tem mais dificuldade de eliminar a adrenalina do corpo.

5 – Pode definir a sua personalidade

7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 5 57

Existe uma tendência de pensamento que passeia entre a ciência e a pseudociência que discute a influência do tipo sanguíneo na personalidade. Acredita-se que a presença ou ausência dos diferentes tipos de antígenos na corrente sanguínea possa influenciar em comportamentos. Nessa corrente de pensamento, as pessoas do tipo O apresentariam comportamentos mais extrovertidos e auto-confiantes estando mais dispostas a relacionamentos e situações sociais.

6 – Pode afetar em sua fertilidade

7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 6 52

A idade ainda é o fator mais importante quando se fala de problemas de fertilidade. Porém, vários estudos já encontraram relações entre o sangue de mulheres com o sistema reprodutivo. Um desses estudos realizados na Universidade de Yale encontrou que portadoras do tipo O tem duas vezes mais chance de ter a qualidade dos óvulos prejudicada. Caso esteja curioso, a pesquisa também encontrou que as mulheres de tipo A eram as mais protegidas da condição.

7 – Tem exercícios físicos ideais

7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 7 coisas que ninguém sabe sobre o sangue tipo O+ 7 48

A prática de exercícios físicos regulares é essencial para manutenção da saúde do corpo humano, dos músculos e dos sistemas cardiovasculares. Para pessoas do tipo O, o ideal é que exista uma frequência de exercícios aeróbicos feitos de 3 a 4 vezes por semana, com cerca de 30 minutos cada. Dessa forma será possível liberar neurotransmissores que ajudam a manter todo o corpo em sintonia, além de promover a saúde e balancear o lado emocional.


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta