IFBA Paulo Afonso recebe nota 4 na renovação de reconhecimento do curso de Engenharia Elétrica.
IFBA

IFBA Paulo Afonso recebe nota 4 na renovação de reconhecimento do curso de Engenharia Elétrica.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), desde o início de 2017, tem recebido visitas de representantes do Ministério da Educação (MEC) para avaliação in loco dos cursos superiores oferecidos pela Instituição. Entre os dias 30 e 31 de outubro foi a vez do Campus Paulo Afonso receber a visita do MEC para a renovação de reconhecimento do curso de Engenharia Elétrica. O conceito obtido foi “4”, sendo que o índice avaliativo máximo é “5”. O resultado obtido atesta a qualidade no ensino superior da instituição.

A comissão avaliadora designada pelo INEP, formada pelos professores Dr. Mardson Freitas de Amorim, da Universidade Federal da Paraíba e Dr. Ewaldo Luiz de Mattos Mehl, da Universidade Federal do Paraná, realizou a análise de documentos institucionais bem como visitou as instalações do campus (biblioteca, laboratórios específicos do curso e de informática, salas de aula, áreas de convivência e demais dependências de uso do curso), fizeram reuniões com os técnicos, docentes e discentes, a fim de obter o máximo de informações possíveis para uma justa avaliação.

O curso funciona desde 2012, sendo reconhecido pela primeira vez em 2015 e terá ao final do semestre letivo de 2017 a conclusão da primeira turma de engenheiros eletricistas formados em Paulo Afonso. Muitos dos formandos são funcionários da CHESF e que agora realizam um sonho antigo, proporcionado pela existência do curso em Paulo Afonso, uma reivindicação antiga da comunidade.

Para Arleno José de Jesus, diretor do IFBA Paulo Afonso, o conceito recebido revela o mérito do trabalho realizado: “o reflexo da nota da avaliação feita pelo MEC revela a qualidade do nosso curso e o bom trabalho desenvolvido por toda a equipe. Além da estrutura física, o nosso quadro de servidores (docentes e técnicos) altamente capacitados (especialistas, mestres e doutores) contribuiu diretamente para o êxito da avaliação. Fico feliz pela renovação do reconhecimento do curso e que venham outros para que a comunidade seja mais beneficiada e que o campus possa ser protagonista na formação de cidadãos preparados para o mundo do trabalho”, frisou o diretor.

Fonte: Portal IFBA


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta