Aliada do bolso: descubra a economia fatiada e como ela pode te beneficiar
Aliada do bolso descubra a economia fatiada e como ela pode te beneficiar

Aliada do bolso: descubra a economia fatiada e como ela pode te beneficiar

Você chega a uma doceria, escolhe uma torta, mas sabe que não precisa dela inteira para se satisfazer. Então, no lugar de comprar o doce inteiro, paga apenas pelo pedaço que vai consumir. Esse é o raciocínio básico da economia fatiada, presente em cada vez mais setores. De acordo com o consultor financeiro pessoal Lucas Madaleno, da LM Finanças Pessoais, “esse conceito novo passou a ser aplicado depois que o país entrou em crise, acelerando a aceitação do mercado em relação a esse tipo de economia”.

Aliada do bolso: descubra a economia fatiada e como ela pode te beneficiar Aliada do bolso: descubra a economia fatiada e como ela pode te beneficiar 519974213 bokan76

Estava todo mundo arrancando os cabelos: o consumidor sem poder pagar como antes e o mercado, sem clientes. Foto: bokan76/iStock

Do ponto de vista do consumidor, essa necessidade sempre existiu. Até hoje as pessoas pagam integralmente por um produto ou serviço e acabam não usufruindo por completo, logo, há desperdício de dinheiro. Então só tem dois caminhos: continuar pagando ou parar de gastar com aquilo. Naturalmente, a segunda opção tem sido a mais escolhida. Com a diminuição do fluxo, “uma parte do mercado cansada de perder clientes achou como solução, flexibilizar esse investimento do consumidor, de modo que ele consiga pagar parcialmente e utilizar com tranquilidade apenas o que realmente necessita do serviço ou produto contratado”, explica.

Aliada do bolso: descubra a economia fatiada e como ela pode te beneficiar Aliada do bolso: descubra a economia fatiada e como ela pode te beneficiar 535446154 Bojan89
As academias foram alguns dos primeiros estabelecimentos a oferecer essa facilidade para conquistar novos alunos. Foto: Bojan89/iStock

Onde achar sua fatia?

A economia fatiada está ganhando espaço “em academias (cujo valor da diária costuma ser, em muitos casos, metade do valor da mensalidade toda, de modo que não compensa para o cliente). Também tem funcionado muito com diaristas, que são pagas apenas por horas de trabalho e não recebem pelo dia inteiro, já que muitas trabalham muito rápido. Outro setor que tem adotado é o hoteleiro: os hotéis tinham apenas 50 a 55% dos quartos ocupados com o regime antigo, e quando passaram a oferecer preços de hospedagem por grupos de horas e não uma diária, esse percentual aumentou. ”, revela o especialista. No mais, é só ficar de olho para identificar onde essa facilidade de pagamento é oferecida.

Principais benefícios

Para o consumidor
Pagar menos e o justo pelo que realmente usufruir, sensação de bem-estar e satisfação quanto ao uso do próprio dinheiro e mais opções de serviços e produtos para escolher.

Para o mercado
Maior captação e alcance de clientes, aumento oportunidades de divulgação do que está sendo oferecido caso eles saiam satisfeitos e destaque frente à concorrência pela flexibilidade na negociação.

Desvantagens?

Para o cliente não há prejuízos, “mas pode haver para a empresa, se não fizer a conta correta de quanto aquele consumidor custa para ela por dia, ou não traçar um bom planejamento para lidar com a possibilidade de aumento da clientela”, alerta o profissional.

Fonte DaquiDadli


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta