Os opostos se atraem e isso está no seu DNA! Veja o que a Ciência explica
Flirting couple toasting during a date

Os opostos se atraem e isso está no seu DNA! Veja o que a Ciência explica

RECONHECER QUE O OUTRO É O “AMOR DA SUA VIDA” vai além da sensação física, das “BORBOLETAS NO ESTÔMAGO”, palpitação anormal do coração ou timidez na hora tentar falar algo. Segundo a Ciência, o segredo para tal pode estar INTRÍNSECO NO CÓDIGO GENÉTICO DO SEU CORPO!

Primeiramente, todos os humanos apresentam um SISTEMA ANTÍGENO LEUCOCITÁRIO (HLA, NA SIGLA EM INGLÊS), que AJUDA O IMUNOLÓGICO a diferenciar as próprias células daquelas que são intrusas ao organismo (como os vírus e as bactérias). Em um estudo que acabou de ser publicado no jornal médico “Nature”, os pesquisadores descobriram que ele é ainda capaz de se CORRELACIONAR COM A SEXUALIDADE, AUMENTANDO (E MUITO!) O DESEJO DE PROCRIAR. Em torno de 254 casais foram observados para que se chegasse a uma conclusão e, quanto mais diferentes nesse sentido, maior a atração.

Segundo a Ciência, o seu corpo "pede" pelo parceiro instintivamente FOTO: thinkstock os opostos se atraem e isso está no seu dna! veja o que a ciência explica Os opostos se atraem e isso está no seu DNA! Veja o que a Ciência explica opostos2

SEGUNDO A CIÊNCIA, O SEU CORPO “PEDE” PELO PARCEIRO INSTINTIVAMENTE FOTO: THINKSTOCK

Assim, os SEUS GENES DETERMINAM O QUANTO VOCÊ QUER ESTAR COM CERTO PARCEIRO. E isso também explica o porquê de se achar que o companheiro cheira tão bem às vezes: os mesmos pares cujo HLA não tinha nada de semelhante entre si tendiam a pensar carinhosamente no odor do outro.

Os benefícios identificados chegam até FAVORECER A EVOLUÇÃO, acredita? Uma vez que seres com uma grande incompatibilidade se relacionem, podem gerar bebês com uma super defesa contra as doenças. Na próxima vez que encontrar alguém que é o oposto de você, mas faz o seu físico inteiro “pedir” por ele, não duvide: essa NECESSIDADE ESTÁ NO SEU DNA!

Fonte DaquiDali


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta