Criação com apego estimula vínculo forte entre pais e filhos
criacao-com-apego-estimula-vinculo-forte-entre-pais-e-filhos

Criação com apego estimula vínculo forte entre pais e filhos

Criar filhos completamente alegres, inteligentes, responsáveis, educados, tolerantes, com boa autoestima… Certamente esses são alguns dos desejos da maioria dos pais. Porém, infelizmente não existe uma “fórmula” que define como educar um filho da melhor maneira possível, garantindo que ele será uma criança e, posteriormente, um adulto com caráter admirável e, sobretudo, uma pessoa totalmente feliz.

Não há como negar, criar e educar um filho é um desafio diário para os pais. E, claro, sugestões sempre vão surgir, especialmente para os pais de primeira viagem: “você tem que dar limites para a criança”; “não é certo atender o bebê sempre que ele chamar”; “você não pode dar tudo o que seu filho pedir para não deixá-lo mimado” são apenas alguns exemplos de frases que podem vir em forma de conselhos.

Porém, por melhor que seja a intenção de quem aconselha, muitas vezes, isso serve apenas para deixar os pais ainda mais em dúvida sobre como devem agir.

Ao ouvirem falar em Criação com Apego, muitas pessoas podem pensar logo em um “conjunto de regras a serem seguidas”. Mas, como já se sabe, não existe uma fórmula de criação/educação que funcione exatamente da mesma forma em todas as famílias (já que cada uma tem suas particularidades). Neste sentido, o termo refere-se a ferramentas que ajudam os pais a criarem vínculos com seus filhos, através do atendimento consistente e amoroso das necessidades do bebê. Não impõe regras, mas, sim, transmite orientações fundadas em investigações sérias e conhecidas por serem eficazes em auxiliar crianças a desenvolverem ligações seguras.

Os princípios da Criação com Apego são, antes de qualquer coisa, definidos de maneira abrangente, podendo, assim, serem aplicados a uma grande extensão de realidades familiares.

Bete P. Rodrigues, mãe, professora formada em Letras (PUC- SP), com mestrado em Linguística Aplicada (LAEL- PUC/ SP), palestrante, consultora em educação e tradutora do livro Positive Discipline, comenta que, com origem na Teoria do apego, a Criação com Apego é estudada há mais de 60 anos, por pesquisadores de psicologia e desenvolvimento infantil. “Estes estudos revelaram que os bebês nascem com fortes necessidades básicas: proximidade, proteção e previsibilidade. Se essas necessidades são atendidas, a criança se desenvolve plenamente”, diz.

O que é Criação com Apego?

Foto: Getty Images Criação com apego estimula vínculo forte entre pais e filhos Criação com apego estimula vínculo forte entre pais e filhos criacao com apego 1

Foto: Getty Images

Mas, enfim, o que é a Criação com Apego? Como pode ser definida?

Para Bete, “trata-se de uma criação consciente, ativa, na qual os pais e cuidadores zelam pelo bem-estar e, consequentemente, desenvolvimento integral da criança”.

Fonte DicasDeMulher


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta