5 dicas para lidar com a pressão no trabalho | Paulo Afonso Tem

5 dicas para lidar com a pressão no trabalho

Quem é que nunca sentiu uma pontada de pressão no trabalho em cada lugar que já passou ao longo da vida profissional? Ser pressionado diariamente é algo corriqueiro no mercado de trabalho, não importa o cargo.

Chega uma hora em que você vai suar para entregar uma tarefa no prazo, sofrer taquicardia na hora de falar em público e, principalmente, respirar fundo para não voar no pescoço do chefe impaciente.

Mas, para que você não deixe a pressão te dominar, vamos apresentar 5 ótimas dicas para que você aprenda a lidar melhor com a pressão no ambiente de trabalho. Dá uma olhada:

1. Deixe os problemas pessoais em casa

A primeira e mais importante dica é saber separar público do privado. Quando você já pisa no escritório com raiva do parceiro ou preocupado com dívidas, pode saber que a pressão no trabalho será amplificada, pois uma simples ordem do seu chefe será capaz de entornar o caldo de vez. Da mesma forma: fim do expediente, momento de se desconectar do trabalho e descansar a cabeça.

2. Defina prioridades

Não tente abraçar o mundo. Checklists, Google Inbox e ferramentas de gestão, as mais diversas como o Trello, estão aí para te ajudar a entender as tarefas que se encaixam no seu horário de trabalho. Não deu conta de uma ou duas? Jogue-as para o dia seguinte, sem nunca perdê-las de vista!

3. Tenha uma agenda e negocie prazos

Ser organizado é fundamental para sobreviver à pressão dos prazos. Principalmente se você lida com demandas diversas de muitos clientes e ainda precisa dar conta das demandas internas de colegas e chefes. Se você não tem uma agenda, fica vulnerável a prazos aleatórios que caem na sua mesa de paraquedas.

Se as tarefas não param de chegar para você, que já está abarrotado com atividades até o pescoço, converse com seu gestor para negociar os prazos para que você possa fazer o trabalho sem entrar em parafuso.

Se você não tem certeza acerca de suas atribuições, releia o seu contrato de trabalho, converse com seu superior. Estando dentro do seu direito, não tenha medo de falar não e ser demitido, afinal, você está apenas fazendo o que havia sido combinado.

4. Cuide da sua saúde

Dores na coluna, enxaqueca, depressão, mau humor. Todos esses males podem vir à tona quando você não dedica um tempinho do seu dia para cuidar do seu bem-estar. E aí, pode saber: o convívio com os colegas de trabalho, por si só, vai se tornar uma pressão, pois sentirá saudade da sua cama, da família e do lazer.

5. Administre o tempo para evitar pressão no trabalho

Ficar depois do expediente fazendo hora extra, chegar atrasado, trocar o horário de almoço para resolver pendências. Tudo isso pode ser sintoma de uma má administração de tempo que, consequentemente, resultará em uma pressão que você poderia evitar, como a desconfiança do seu chefe, que terá na folha de ponto ou ponto digital o principal álibi para te chatear.

Além de seguir todas essas dicas providenciais, é muito importante que você foque apenas naquilo que você consegue e se comprometeu a entregar. É que, muitas vezes, a maior pressão pode vir justamente do perfeccionismo ou, em outros casos, da competitividade.

 

Fonte: Ponto mais


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta