5 tendências que nunca saem de moda | Paulo Afonso Tem

5 tendências que nunca saem de moda

A moda sempre se reinventa, mas estas dez tendências vão e voltam das vitrines regularmente

A moda é sempre muito ligada com o que há de mais atual no mundo, mas ultimamente ficou fácil perceber que algumas tendências têm o poder de ir e vir com frequência. Outras sequer saem das vitrines e manequins.

 

Brechós também se popularizaram justamente pelo fato de venderem peças que se tornaram atemporais. Itens que podem ser usados por mulheres de quaisquer idades. E o melhor: podem ser guardados por décadas e continuarem atuais.

 

A especialista em imagem e estilo de vida, Cláudia Piantini explica porque este fenômeno acontece na moda. “Quando voltamos a usar um determinado visual é como se buscássemos na história algum resgate, mas é algo que sempre vem com mais inovação”, diz ela.

 

O fato é que existem tendências que nunca saem de moda. A seguir você confere uma lista das principais e confere no que vale a pena investir na próxima vez que for fazer compras.

 

1. Animal print

 

A estampa animal já é um clássico na moda. Onça, zebra e leopardo aparecem nas roupas em qualquer estação. Este tipo de desenho faz parte do vestuário há muito tempo, já que a pele dos animais foi o primeiro tecido usado pelo homem para cobrir o corpo.

Presentes em camisas, sapatos, bolsas, lenços e mais uma série de itens, usar o animal print não é mais sinônimo de moda exagerada. A consultora de estilo, Ana Vaz, dá a dica de como criar um look com estamparia animal e continuar sendo discreta. “Para quem não quer um visual mais chamativo ao suar esta padronagem, vale escolher os formatos pequenos em cores mais discretas e aplicar a peças menores. o oposto vale para quem quer mais ousadia”.

 

2. Preto e branco

Não adianta, as duas cores são coringas no armário de qualquer pessoa. Elas combinam uma com a outra e ficam bem em qualquer corpo. Você pode usar esta tendência misturada ou optar por looks total white ou completamente preto. Com estes tons, dá para criar diferentes estilos. Você pode ser romântica, sexy, clássica ou moderna e tenha certeza que o P&B é uma tendência pode facilmente fazer parte do seu vestuário. Se quiser usar tudo de uma vez e ainda adicionar uma corzinha, basta usar peças estampadas com preto e branco e optar por outro item colorido. O resultado é um look atemporal.

3. Florais

Flores são bem-vindas de qualquer maneira, seja para enfeitar e perfumar a casa ou para incrementar o look. Grandes ou pequenas: não importa, elas são democráticas, basta saber como usar. “A estampa tem que estar proporcional ao biótipo físico de quem irá usar. Por isso, antes de comprar, preste atenção, nos pontos que quer destacar, e claro, na interferência das cores”, disse Cláudia Piantini. Típicas das coleções da primavera, a estampa floral foi repaginada com a intenção de ter também a cara do inverno. As flores misturadas ao fundo escuro, imprimem um ar chique as roupas. O ideal é combinar com peças lisas para equilibrar o look. Mas você for uma expert em moda, dê seu toque de fashionista e aposte em um mix de estampas.  

4. Navy

Este é um daqueles estilos fáceis de produzir, em que se encontram peças tanto em lojas de famosos designers como nas lojas mais populares da sua cidade. O navy tem como principais referências o listrado, estampas ou menções a âncoras e cordas e ainda as cores branco, vermelho e azul-marinho. É uma tendência que pode ao mesmo tempo ser chique ou despretensiosa. O look marinheiro surgiu na década de 1920, pelas mãos de Coco Chanel e aparece com frequência nas vitrines mundo afora. O look navy chega até os pés, com as espadrilhas de salto Anabela, que remetem ao ambiente marítimo quase que de forma instantânea. Também é fácil encontrar bolsas listradas de azul e branco ou que lembrem os trajes dos marujos.    

5. Jeans

Uma palavra define: indispensável. É assim que o jeans se apresenta para a maioria das pessoas. Fácil de encontrar em qualquer guarda-roupa, o jeans foi criado em 1872, na França, na região de Nimes. Com o tempo, o tecido acabou sendo chamado de denim. O nome jeans surgiu porque a Itália importava o produto para fazer os uniformes dos marinheiros do Porto de Gênova. Mas material, como conhecemos hoje, apareceu pelas mãos de Levi Straus, dono da Levi’s, em 1853. A calça jeans foi usada nesta época principalmente pelos garimpeiros dos Estados Unidos. Até hoje o jeans é um dos melhores amigos de quem trabalha. Prático e confortável, o material vai bem em quase sempre, com algumas exceções. “O jeans é sempre informal e deve ser evitado em ambientes de trabalho que peçam roupas sociais, em ambientes mais formais, em casamentos, em formaturas”, falou Ana Vaz. O tecido é atemporal, mas se quiser atualizar o look basta combinar jeans com jeans. Segundo Ana, para fazer o mix e acertar na escolha é preciso usar tons diferentes. “Vale escolher lavagens, cores ou estampas diferentes quando não se quer um visual de conjuntinho. Por exemplo, uma calça em jeans claro com poás + camisa em jeans escuro”.
 

Fonte: Dicas de Mulher


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Curta-nos


Deixe uma resposta